Blog Magnus

    Como fazer a ginástica laboral em tempos de pandemia

    Por Magnus Personal Trainer em

    Manter o corpo em movimento, ainda que por pequenos períodos de tempo, auxilia bastante os profissionais durante as suas jornadas de trabalho. Isso acontece porque o exercício físico é capaz de aumentar o foco e diminuir a sensação de cansaço durante o expediente. Assim, em tempos de home office, a ginástica laboral se tornou uma grande aliada de vários profissionais.

    Embora mais de um ano já tenha se passado desde o começo da pandemia, muitas empresas ainda mantêm os seus profissionais nesse modelo de trabalho. Portanto, para ajudar a manter a saúde dos seus colaboradores, elas acabaram adotando práticas como a ginástica laboral, ainda que de forma remota.

    De acordo com o informado pelo Conselho Federal de Educação Física (CONFEF), oferecer esse tipo de exercício é uma forma de as empresas demonstrarem que se preocupam com a saúde dos seus funcionários. Além disso, elas conseguem aumentar a produtividade, visto que uma rotina regular de ginástica ajuda a melhorar a capacidade de concentração.

    Dessa forma, encontrar maneiras de manter uma rotina de exercícios durante o home office é essencial. A seguir serão dadas algumas dicas de como conseguir incluir a ginástica laboral no seu dia a dia.

    mulher fazendo ginástica laboral durante pandemia em seu home office - Magnus Personal Trainer

    Faça um planejamento

    Sem dúvidas, o principal foco do trabalhador que deseja praticar a ginástica laboral deve ser o planejamento. As atividades podem ser incluídas durante as suas pausas e podem ser coisas simples, como alongamentos.

    Além disso, ninguém conhece melhor do que o próprio trabalhador a sua rotina e a sua carga de trabalho, de forma que ele precisa analisar bem as suas tarefas para conseguir esquematizar as pausas e fazer os exercícios.

    Conheça as suas limitações físicas

    Para aqueles que ainda não estão familiarizados com a ginástica laboral e desejam começar a seguir uma rotina durante o expediente, a primeira dica é conhecer as suas limitações físicas e, mais do que isso, não tentar ultrapassá-las.

    Portanto, os exercícios devem ser de baixo impacto e leves, de forma que não acabem cansando mais do que ajudando na questão da disposição. Uma vez que o trabalhador for conquistando mais flexibilidade, então, ele poderá partir para treinos mais pesados.

    Realize exercícios em diferentes períodos do dia

    A ginástica laboral conta com exercícios rápidos, que podem ser encaixados em qualquer intervalo. Em geral, eles têm entre 15 e 30 segundos de duração e precisam ser realizados em períodos alternados do dia, acompanhando toda a rotina de trabalho.

    Devido aos longos períodos que muitos trabalhadores passam sentados no regime de home office, o ideal é que os alongamentos voltados para os braços e ombros sejam realizados com frequência, ajudando a fortalecer a musculatura da região.

    Além deles, também é recomendado fazer exercícios de respiração com regularidade, visto que eles são responsáveis por ajudar na manutenção do foco e também no alívio das tensões, o que também é importante para ajudar a manter a saúde mental.

    Para saber mais sobre o tema e outros ligados às rotinas de exercício, acesse nosso blog para ler outros artigos e entre em contato pelo WhatsApp para contratar os serviços de personal trainer!


%d blogueiros gostam disto: